(14) 996192751

NO AR

VIDA MELHOR

Com PASTOR WILSON TINONIN

GOSPEL

Casal registra filho com o nome de Lucifer e causa polêmica

Publicada em 25/07/20 as 10:35h por I7 NEWS - 285 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Bebê (Imagem ilustrativa)  (Foto: Radio Geração de Adoradores)
Não precisar ser um estudioso da bíblia para saber que Lucifer é o diabo. Mesmo assim, um casal britânico causou polêmica ao registrar seu filho com o nome de Lucifer.

No cartório, a funcionária tentou convencer o casal a não registrar a criança com esse nome, mas não obteve êxito.
“Ela falou que Lucifer nunc seria capaz de arrumar um empregoe que os professores não gostariam de ensiná-lo. Tentei explicar que não somos pessoas religiosas, e Lucifer em grego significa ‘portador da luz’ e ‘manhã’, mas ela não quis ouvir,” contou em entrevista ao ‘The Shun’.
Após o episódio no cartório, o casal se sentiu ofendido e registrou uma queixa pela maneira como foram tratados. Apesar de tudo, o bebê foi registrado com o nome de Lucifer.

A PERGUNTA E ESSA?

Você colocaria o nome Lucifer no seu filho? A polêmica acabou virando manchete na mídia e se tornou alvo de polêmica. O motivo é que um casal britânico decidiu que o filho deveria se chamar Lucifer. Os pais da criança tiveram o maior trabalho para conseguir fazer o registro da criança por causa da escolha do nome.
A funcionária que estava encarregada de realizar o registro do recém-nascido tentou convencer os pais a mudar a escolha do nome. Ela argumentou dizendo que a criança “não teria sucesso na vida” com esse tipo de nome, relataram os pais do menino ao jornal The Sun. Dan e Mandy Sheldon fizeram uma queixa formal para reclamar sobre a maneira que foram tratados na repartição do município de Chesterfield.
Estávamos empolgados em registrá-lo, mas a mulher nos olhou com total desgosto”, relatou o pai. “Ela falou que Lucifer nunca seria capaz de arrumar um emprego e que os professores não gostariam de ensiná-lo. Tentei explicar que não somos pessoas religiosas, e Lucifer em grego significa ‘portador da luz’ e ‘manhã’, mas ela não quis ouvir”, explicou.
Os pais ainda contaram que a funcionária teria dito que era algo ilegal colocar esse nome em uma criança na Nova Zelândia e que talvez eles escolhessem outro nome e chamassem a criança de Lúcifer em casa. Eles foram instruídos a aguardar em uma outra sala enquanto a encarregada do registro fazia a verificação da possibilidade de registrar o menino com o nome satânico.
A verdade é que os pais afirmam achar o nome bonito e singular e que jamais esperam que possa trazer qualquer tipo de transtorno para o filho. Já o Conselho do Condado de Derbyshire, onde aconteceu o registro da criança, se explicaram sobre o fato e até pediram desculpas. Contudo, eles afirmaram que é dever dos notários fazer o aconselhamento nesses casos, já que em alguns casos algumas pessoas não tem conhecimento de certos significados.
O Reino Unido não tem muitas restrições legais sobre nomes, porém, vale ressaltar que se tiver obscenidades e números não costumam ser aceitos. Já a Nova Zelândia, que foi citada pela funcionária, proibiu o nome Lúcifer de ser usado desde o ano de 2013

CIDADE AONDE NASCEU LUCIFER



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
VOCE E A FAVOR DA HIDROXICLOROQUINA ?

 SIM
 NÃO
 TALVEZ







.

LIGUE E PARTICIPE

14996192751

Visitas: 509506
Usuários Online: 216
Copyright (c) 2020 - Radio Geração de Adoradores - WWW.RADIOGERACAODEADORADORES.COM.BR A RADIO GOSPEL DO BRASIL